Dicas para fotos de comida

postado em: Artigos | 0

Com certeza você já viu fotos de comida em suas redes sociais. Ultimamente, as pessoas postam como se fosse um “troféu”, seja pra mostrar o restaurante em que estão, ou a comida que elas mesmas fizeram.
Restaurantes estão investindo mais nas fotografias, afinal, o ser humano é atraído pelo o que vê!
Além disso, vamos combinar que é bem mais convincente ver uma bela foto de um cheddar suculento derretendo pelo lanche do que apenas descrever “cheddar suculento” na descrição, não é mesmo?
Se você tem um restaurante e quer melhorar suas fotos, saiba que não precisa contratar um fotógrafo para isso. Basta utilizar as dicas a seguir:

Montagem

Defina a estética da foto

Se a sua comida for uma salada ou bebida refrescante, aposte em fundo mais natural, jardim, flores, etc. Assim, além do objeto fotografado, os elementos da composição da imagem ajudarão a transmitir a ideia desejada.

Iluminação

Uma boa iluminação é essencial para todas as fotos. Pense bem em qual característica da sua comida você quer destacar.
Esse é um ótimo jeito de gerar sombras e áreas iluminadas em determinadas texturas de comida, como pão, carne e queijo. Considere essa estratégia ao clicar um prato de comida que mistura uma variedade de texturas, como sanduíches e hambúrgueres.
Evite a luz frontal, pois ela cria sombras duras no objeto, impedindo o contraste nítido das diferentes texturas de alguns tipos de comida.

Ângulos

Alguns alimentos, como saladas e frios ficarão melhores se forem fotografados de cima.
Lanches podem ser cortados ao meio, para mostrar com detalhe o ponto da carne, textura da salada, molhos, etc.

Cor

Mantenha a harmonia na foto. Use e abuse das cores complementares. Texturas e acessórios também são bem-vindos.
Lembre-se de manter suas fotos saturadas, com uma composição geral formada por cores quentes. Estudos comprovam que determinadas cores desencadeiam reações sensoriais no cérebro, aumentando o apetite. Assim, as mais quentes (tons de vermelho, laranja e amarelo) são ideais para estimular os sentidos. Já as variações de verde emprestam um ar mais orgânico e rústico às imagens.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *