Setembro: o mês das noivas e pré-wedding

postado em: Artigos | 0

Setembro é conhecido como o novo mês das noivas! 👰
Antes, esse “cargo” era do mês de Maio, com grande influência dos países norte-americanos e europeus, pois lá faz frio a maior parte do ano, com exceção de Maio.
No Brasil, o período perfeito seria em Setembro, quando a primavera se aproxima, trazendo clima ameno, céu limpo e flores perfeitas. 💐
Mas, não se esqueça de programar as coisas com antecedência, pois esse mês costuma ser bem agitado.

Agora, vamos falar sobre fotografia de casamento.
O pré-wedding está sendo muito solicitado ultimamente. Feito mais ou menos dois meses antes do grande dia; assim, os noivos podem usar essas fotos no convite, na decoração, lembrancinhas, etc.
É um momento em que os noivos ainda estão preocupados com os preparativos, então a sua conexão com eles e tranquilidade na hora do ensaio, são fundamentais!
Aqui vão algumas dicas:

Sempre faça um briefing (conjunto de dados para desenvolvimento de um projeto) sobre os noivos, assim saberá quando e onde se conheceram, o estilo de cada um, locais preferidos, etc.

Estilo do casal

Cenários urbanos, com paredes coloridas são uma ótima escolha. Se esse for o estilo desejado, aconselhe os noivos a usarem roupas e acessórios neutros, assim as cores não brigarão entre si.
Para ensaios rurais ou praianos, o ideal é o contrário, pois o cenário já terá a predominância de uma cor, então o objeto principal (os noivos) terão que se destacar com as cores.
Acessórios sempre são bem vindos, placas com a data do casamento, algum elemento sobre a profissão dos noivos, animais de estimação, etc.

As fotos do pré-wedding não precisam ser somente românticas, podem ser engraçadas também, o que importa é você registrar a conexão entre os noivos!
Lembre-se, eles precisam se sentir à vontade naquele ambiente.

Fotos na chuva

Uma das melhores memórias da infância, é a brincadeira na chuva!
Então por que não registrar esse momento alegre com a pessoa amada, aproveitando para “voltar à infância”?

Caso a chuva não apareça, é só fazer uma dança da chuva hahaha 🤣
Brincadeiras à parte, usar uma mangueira é o suficiente para criar esse momento.

Diferentes Ângulos

Provavelmente seus clientes chegarão com algumas imagens de referência, daquelas bem tradicionais.
Então, esteja preparado para inovar! Tenha sempre uma boa ideia de ângulo, pose, piadinha para fazê-los rir, etc. Isso tornará seu trabalho único!
Mas para isso, comece com as fotos tradicionais deles, com o tempo eles se soltarão e será mais fácil inovar com suas ideias.
Suba em escada, banco, use drone, tudo o que estiver ao seu alcance para obter registros maravilhosos! 🤩

Pré-wedding sem o casal juntos

Não se assuste com o título desse tópico, não quero separar os noivos antes do casamento! 😅
Mas é óbvio que os noivos tem amigos, parentes que são super importantes na história do casal, então por que deixá-los de fora desse ensaio pré-wedding?

Estamos acostumados a ver fotos dos noivos com seus respectivos padrinhos, mas veja que ideia diferente para esse momento:

Para a noiva, provavelmente a pessoa mais importante é a mãe:

Para deixar a criatividade dominar seu trabalho, mantenha-se atualizado, sempre de olho nas tendências: sites, outros fotógrafos, mas lembre-se de dar sempre o seu toque final! ✨📸

Compartilhar

Entrevista sobre o prêmio “Cliente na Veia” da Expo Magalu 2019

postado em: Artigos | 0

A primeira edição da Expo Magalu 2019 foi um grande evento!
Disponibilizando várias palestras com grandes especialistas como Luiza Helena Trajano e Frederico Trajano, falando sobre marketplace, dicas e técnicas preciosas sobre tecnologia, gestão, vendas, marketing, empreendedorismo, etc.

A Magalu tem o objetivo de transmitir informações e experiências para que os parceiros aprimorem suas técnicas para alcançar a total satisfação dos clientes. Assim, criam uma melhor imagem para o seu negócio e aumentam o volume de vendas.

Além de toda a programação, houve uma premiação surpresa para os parceiros: o Prêmio Cliente na Veia, que foi pensado como um reconhecimento para as lojas que tiveram o melhor desempenho no atendimento ao cliente. Os três ganhadores tiveram a oportunidade de viajar para Nova Iorque! E é com muita alegria que anunciamos que a nossa empresa é um desses ganhadores!

Confira abaixo uma rápida entrevista com Carlos Ivan, CEO da Tudo Pra Foto:

“No começo eu nem acreditei. Ir para Nova Iorque!”. Ele conta que foi uma experiência muito diferente, já que teria que deixar seu negócio durante alguns dias.
Mas as preocupações foram embora quando ele começou a aproveitar as experiências e o networking proporcionado pelo contato com outros profissionais e empresas americanas.
Carlos Ivan ressaltou o cuidado no tratamento diferenciado oferecido aos parceiros Magalu lá em Nova Iorque. Ele também lembrou da receptividade nas empresas que foram visitadas, inclusive recebendo uma atenção especial dos gerentes.
Aqui vai uma dica de Carlos Ivan para superar desafios, ter sucesso com seu negócio e se destacar!
“O maior desafio é a logística. O restante pode ser planejado e readequado, você vai ter jogo de cintura. A logística não, tem que sair, você tem que se virar, tem que ter o produto, não pode vender algo que não tem. Precisa de uma equipe atenta na separação”.

A Expo Magalu é o evento ideal para quem já é parceiro e também para quem quer entrar nesse mundo com infinitas possibilidades, o marketplace! Assim, você conhecerá as novidades, tecnologias, inovações do setor, networking e alinhar suas estratégias com as mais novas tendências do mercado!

Compartilhar

Dia Mundial da Fotografia

postado em: Artigos | 0

Em 19 de Agosto de 1839 na Academia de Ciências da França, François Arago anunciou que o governo francês adquiriu o invento do daguerreótipo, colocando-o em domínio público.
Louis Daguerre em parceria com Nicéphore Niépce, nos anos 30 do século 18, inventaram o daguerreótipo, que fixa uma imagem em uma placa de cobre revestida com prata, expondo a placa a cristais de iodo. Esse dispositivo daria início à fotografia como conhecemos hoje.

A primeira fotografia foi feita em 1826, por Joseph Nicèphore Niépce, batizada como “Vista da Janela em Le Gras”.

No Brasil, o dia da fotografia (e do fotógrafo) é comemorado em 8 de janeiro, data da chegada do daguerreótipo ao país, em 1840. Trazido por Louis Compte, o dispositivo foi apresentado no Rio de Janeiro ao Imperador Dom Pedro II.

Para comemorar essa data tão especial, algumas cidades costumam fazer concursos e exposições fotográficas.
O Metrô de São Paulo, em parceria com o Fotoclube ABCclick, fará uma exposição na estação República, com o tema Arquitetura Urbana, para comemorar o Dia Mundial da Fotografia.
Houve um concurso com 943 imagens de todo o Brasil, onde 30 foram selecionadas para a exposição.
Para acompanhar virtualmente a exposição, siga-os em suas redes sociais: Instagram e Facebook.

Queremos te incentivar a postar em suas redes sociais alguma foto que você tirou, seja com câmera fotográfica ou celular, para divulgarmos esse dia importante e alegrarmos a vida das pessoas. 📸
Use a #diamundialdafotografia e nos marque para conhecermos mais seu trabalho! Instagram e Facebook.

Compartilhar

Dicas para fotos de comida

postado em: Artigos | 0

Com certeza você já viu fotos de comida em suas redes sociais. Ultimamente, as pessoas postam como se fosse um “troféu”, seja pra mostrar o restaurante em que estão, ou a comida que elas mesmas fizeram.
Restaurantes estão investindo mais nas fotografias, afinal, o ser humano é atraído pelo o que vê!
Além disso, vamos combinar que é bem mais convincente ver uma bela foto de um cheddar suculento derretendo pelo lanche do que apenas descrever “cheddar suculento” na descrição, não é mesmo?
Se você tem um restaurante e quer melhorar suas fotos, saiba que não precisa contratar um fotógrafo para isso. Basta utilizar as dicas a seguir:

Montagem

Defina a estética da foto

Se a sua comida for uma salada ou bebida refrescante, aposte em fundo mais natural, jardim, flores, etc. Assim, além do objeto fotografado, os elementos da composição da imagem ajudarão a transmitir a ideia desejada.

Iluminação

Uma boa iluminação é essencial para todas as fotos. Pense bem em qual característica da sua comida você quer destacar.
Esse é um ótimo jeito de gerar sombras e áreas iluminadas em determinadas texturas de comida, como pão, carne e queijo. Considere essa estratégia ao clicar um prato de comida que mistura uma variedade de texturas, como sanduíches e hambúrgueres.
Evite a luz frontal, pois ela cria sombras duras no objeto, impedindo o contraste nítido das diferentes texturas de alguns tipos de comida.

Ângulos

Alguns alimentos, como saladas e frios ficarão melhores se forem fotografados de cima.
Lanches podem ser cortados ao meio, para mostrar com detalhe o ponto da carne, textura da salada, molhos, etc.

Cor

Mantenha a harmonia na foto. Use e abuse das cores complementares. Texturas e acessórios também são bem-vindos.
Lembre-se de manter suas fotos saturadas, com uma composição geral formada por cores quentes. Estudos comprovam que determinadas cores desencadeiam reações sensoriais no cérebro, aumentando o apetite. Assim, as mais quentes (tons de vermelho, laranja e amarelo) são ideais para estimular os sentidos. Já as variações de verde emprestam um ar mais orgânico e rústico às imagens.

Compartilhar

A fotografia nas Olimpíadas

postado em: Artigos | 0

Em 1896, iniciou a primeira edição dos Jogos Olímpicos, iniciado por Barão de Coubertin (Pierre de Coubertin). Em 2020 era para ter acontecido a 29ª edição dos Jogos Olímpicos. Porém, por causa da pandemia do Covid-19, eles tiveram que ser adiados, pela primeira vez desde 1896.

As Olimpíadas nos permite estar em uma arena de sensações e a história por trás de um único instante registrado no tempo pela fotografia pode surpreender você.
Por isso, vamos resgatar alguns momentos importantes desse grande evento.

Em abril de 1896, em Atenas, na Grécia, berço dos jogos, aconteceram os primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna. O evento contou com a celebração de nove modalidades e a participação de catorze países, segundo dados oficiais.
As Olimpíadas de 1936 foram sediadas em Berlim, na Alemanha. Na época, o país era comandado pelo regime nazi-fascista de Adolph Hitler. A realização dos jogos, para o ditador, era uma demonstração da força alemã e da raça ariana — supostamente superior de acordo com seus credos racistas. O evento ocorreu três anos antes do início da Segunda Guerra Mundial.
Os planos de Hitler, ao tentar demonstrar essa superioridade da raça ariana, no entanto, não tiveram sucesso em Berlim. Isso porque o americano Jesse Owens, um homem negro, consagrou-se vencedor em quatro provas nobres do atletismo: 100 e 200 metros rasos, salto em distância e revezamento 4×100 metros.
Florence Griffith-Joyner, mais conhecida como Flo-Jo, marcou seu nome na história do atletismo nos Jogos Olímpicos de Seul, na Coreia do Sul, em 1988. A norte-americana se consagrou campeã dos 100, 200 e revezamento 4×100 metros rasos. Além disso, a atleta chocou o mundo ao quebrar o recorde da competição mais nobre do atletismo, os 100 metros rasos, com um recorde de 10,49s.
Derek Redmond era considerado uma esperança de medalhas para a Grã-Bretanha em Seul. No entanto, uma lesão o tirou dos Jogos, adiando seu sonho.
Para as Olimpíadas de Barcelona, em 1992, Redmond teve novamente uma boa preparação. Chegava, inclusive, com um título mundial no revezamento 4×400 metros um ano antes. Mas, mais uma vez, as lesões atrapalharam sua trajetória. Na prova dos 400 metros rasos, sentiu a coxa e não conseguiu mais correr, mas tentou chegar ao fim ainda assim.
O atleta foi ovacionado e teve uma ajuda especial. Seu pai, vendo a situação do filho, driblou a segurança e invadiu a pista. Ele abraçou Derek e o ajudou até a linha de chegada. Esse é considerado um dos momentos mais bonitos da história dos Jogos.
Em Barcelona, foi a primeira vez que o time norte-americano de basquete contou com jogadores da sua liga profissional, a NBA. Com isso, várias estrelas fizeram parte daquele que ficou conhecido como “o time dos sonhos”. Magic Johnson, Michael Jordan e Larry Bird estavam entre os jogadores do elenco.
Em 2004, nas Olimpíadas de Atenas, o brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima estava pronto para se tornar o primeiro atleta do país a conquistar a medalha de ouro em uma maratona nos Jogos.
No entanto, faltando apenas 6 km para a linha de chegada, o maratonista foi agarrado por um manifestante irlandês. O ataque custou sua primeira posição, mas o brasileiro se recuperou e ainda terminou em terceiro lugar. O atleta foi ovacionado na sua chegada ao Estádio Olímpico de Atenas, no fim da prova.
Usain Bolt estreou nas Olimpíadas em Pequim, em 2008. Lá, foi campeão nas provas dos 100 e 200 metros rasos. Em 2012, em Londres, repetiu a dose e ainda venceu o revezamento 4×100 metros.
Em 2016, saiu em busca de um feito completamente inédito: ser tricampeão das provas mais nobres do atletismo — e ele conseguiu! Além disso, levou também o bicampeonato consecutivo dos 4×100, aposentou-se como o maior das pistas e detentor do recorde mundial das três categorias em que foi medalhista de ouro.
Time brasileiro de vôlei na defesa para mais uma conquista.

A fama de “maior evento poliesportivo do mundo” não é à toa. São 205 países reunidos nos Jogos Olímpicos de Tóquio, além de aproximadamente 12.500 atletas, com mais de 339 eventos sendo realizados em 42 locais do Japão.

Essa edição foi considerada histórica, pelo fato de ser realizada após o adiamento devido à pandemia do Covid-19 e também pelas arquibancadas vazias (que com certeza impactaram os participantes das Olimpíadas).
Neste domingo, dia 08/08/2021 às 8h (horário de Brasília), será o encerramento dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Compartilhar