Luisa Dörr: a foto não se define pelo equipamento

postado em: Artigos | 0

Temos desde o princípio a concepção de que para ser um fotografo precisamos de uma câmera de qualidade. Depois disso nos é falado que só uma câmera não basta, precisamos de um estúdio de iluminação. Muitas pessoas acabam nem tentando por não ter condições de arcar com esses equipamentos.

E se você soubesse que uma fotografa brasileira conseguiu chamar a atenção da editora de artes da revista americana Time? E também fotografar suas 12 capas de uma edição especial com um celular? Parece impossível, mas foi o que a fotografa Luisa Dörr fez.

Firsts3
Luisa Dörr: Time

O começo de tudo

Luisa Dörr vem de um pequeno vilarejo do interior do Rio Grande do Sul. Sua carreira começou em Design Gráfico, mas após 4 anos de curso viu que não era aquilo que amava fazer. Decidiu então trabalhar com a tia que possuía um estúdio onde seu interesse por fotografia começou. Com o tempo foi ganhando experiência e se mudou para fazer um curso de fotografia. A partir daí sua vida mudou.

Em 2014 começou a realmente viver de fotografia após se mudar para São Paulo. Cada vez mais trabalhos começaram a aparecer a levando a viagens para India e uma das mais importantes, para Nova York. Em 2016 a partir de um concurso conheceu a editora da Time. Foi com uma fotografia de seu Instagram que Kika, editora da Time, se familiarizou com o trabalho de Luisa. Detalhe, todas as fotos publicadas em seu Instagram foram tiradas com seu celular.

Foi nesse ano que Luisa foi convidada a participara desse projeto. Ela teria que fotografar 46 das mais importantes mulheres da atualidade e 12 capas para essa edição especial. Tudo somente com um Iphone.

 

mostra-sp-fotografia-2019-luisa-dorr
Luisa Dörr: fotografia

A fotografia com um celular

A partir do momento que se teve conhecimento que uma edição tão especial como essa seria fotografada com um celular houve um grande tumulto. Muitos também achavam uma injustiça uma fotografa “aleatória” ter sido escolhida assim. Mas isso não intimidou Luisa, só a incentivou a mostrar que “o que faz a foto não é o equipamento, mas o fotografo.” E podemos ver pelos resultados incríveis que ela estava certíssima.

luisa-dorr-oprah-behind-scenes-time5

 

Vale conferir o trabalho incrível de Luisa Dör, com o celular, em seu Instagram. E se você ainda hesita em começar na fotografia por não poder comprar os equipamentos, que tal pegar seu celular e dar uma chance?

Firsts7

 

 

Compartilhar

Deixe uma resposta