Fotografia de bebê #6

Fotografar bebes nos primeiros meses é um detalhe muito importante na vida dos pais. Sim, fotografia new born ainda é um trabalho que vem crescendo cada vez mais. Qual é o pai que não quer ficar babando com as fotos quando a mesma crescer? Por isso a dica é: Monte o seu portfólio e comece a procurar as gestantes. Divulgue o seu trabalho!

Muitos fotógrafos brasileiros se encantaram com esta proposta razoavelmente nova, se aprofundaram e estão no mercado com belos trabalhos. O ensaio newborn tem duas vertentes: a primeira delas tem mais produção, tanto em relação ao cenário e acessórios quanto às poses do bebê e dos pais. A segunda, conhecida também como Lifestyle (estilo de vida), resulta em fotos mais naturais e se preocupa com o registro do recém-nascido e sua família dentro do seu novo mundinho (em geral, na casa da família), com base no cotidiano da mesma. São fotos mais espontâneas que traduzem o afeto da família com seu bebê, e mostram ele tomando banho, e se alimentando, por exemplo. E não menos importante, também é feito o registro do seu quartinho, em detalhes.

Cuidados Básicos

– A principal questão na fotografia newborn é a segurança do recém-nascido. Tudo deve ser feito de forma a dar conforto e segurança ao bebê.

– O estúdio, ou local onde for realizada a sessão, deve ser higienizado, assim como todos os acessórios utilizados. Cuide também de seu asseio pessoal. Mãos higienizadas com álcool em gel, unhas cortadas e cabelos presos.

– A temperatura do ambiente deve ser controlada, entre 28 e 30 graus. Sempre que o bebê mostrar frio ou calor, esta temperatura deverá ser regulada. Tenha um aquecedor, um umidificador de ar e um termômetro, em seu local de trabalho.

– Procure usar cestos de bases largas, para dar maior estabilidade ao bebê. Coloque um pesinho no fundo do cestinho para dar mais estabilidade.

– Em caso de doença do fotógrafo ou de pessoa de seu convívio, a sessão deverá ser remarcada.

– Procure realizar o ensaio entre 6 e 15 dias de vida do bebê, pois nesta fase os recém-nascidos são mais flexíveis, possuem o sono mais profundo e não sofrem com cólicas.

– O bebê deve estar bem alimentado antes de se iniciar a sessão. Peça a mãe que o amamente minutos antes. Bebê bem alimentado é bebê feliz.

– Os bebês possuem vários reflexos, que podem acordá-lo durante a sessão. Tenha sempre um assistente próximo e de olho no bebê, pois um movimento brusco, causado por estes reflexos, pode assustá-lo e causar quedas.

– Estude a fisiologia e anatomia do bebê. Aprenda a posicioná-lo adequadamente. Treine antes com uma boneca. Faça em você mesmo o movimento, que pretende fazer com o bebê. Uma pose mal executada pode machucar o recém-nascido.

– Muitas das poses são produto de fusão de imagens no Photoshop. Não tente reproduzir tudo o que você vê nas redes sociais. Pode ser perigoso para o recém-nascido.

– Comece com as poses mais simples. Com o tempo e a experiência adquirida, através de muito estudo e prática, naturalmente você vai evoluir para as poses mais complexas.

1

Você pode fotografar com os pais e irmãos, o que agrega muito valor ao seu ensaio.

Fotografe também detalhes dos bebês, como cílios, lábios, mãos, pés, registre expressões: sorrisos, bocejos, biquinhos e etc…

Se você se interessa realmente por esse trabalho, faça com amor porque além de ser um trabalho gratificante o resultado fica esplendido.

Até mais.

Clique aqui e veja também 10 dicas de como ganhar dinheiro com a fotografia. 

 

fonte: fotografia-dg

Compartilhar

Deixe uma resposta