Como tirar fotos bem focadas

Definitivamente fotografia precisa de foco, isso é fato! Mesmo que não seja na foto toda, mas aquilo que queremos destacar precisa ter nitidez e como você já deve ter percebido, fazer “aquela” foto é um conjunto de coisas que variam dos conceitos mais básicos e imprescindíveis, até ajustes finos e a técnica em si.

Uma foto desfocada erroneamente traz um desconforto, às vezes nós não temos o olhar muito treinado e não conseguimos identificar esse problema, mas mesmo assim deixamos de gostar de muitas fotos por esse simples e importantíssimo fato, a falta de foco e consequentemente a ausência de nitidez.

118682d56d042a7bf0c92d37648e9564

Abaixo você vai conferir um artigo do Darren Rowse:

Tirar suas fotos digitais perfeitamente focadas é algo que a maioria dos fotógrafos deseja – porém imagens limpas e bem focadas pode ser algo difícil de conseguir.

Talvez antes de começarmos explorando como melhorar o foco da imagem, seria bom falar sobre as principais causas da falta de foco:

  • Foco Ruim– A maneira mais óbvia de ter imagens mal focadas é deixando-as fora de foco. Isto pode ser o resultado de se focar na parte errada da imagem, ficar próximo demais de seu motivo, dificultando a câmera focar, ou selecionar uma abertura que gera um campo de profundidade muito estreito ou ainda,  tirar uma foto rápido demais sem checar se ela focou.
  • Movimento do motivo – Outro tipo de “borrão” em suas fotos é o resultado do movimento de seu motivo – isso geralmente está relacionado com o tempo de exposição muito alto (ou velocidades baixas como 1/15 ou menos).
  • Câmera Tremida– Similarmente, você pode obter um borrão pois o fotógrafo gera movimento enquanto tira a foto – isso normalmente está relacionado com o tempo de exposição e a mobilidade da sua câmera também.
  • Ruído– Fotos com “ruído” são aquelas que parecem estar cheias de pontinhos.

hahah

Detalhes muito importantes na fotografia:

1- Segure Bem a Sua Câmera

Muitos borrões que tem nas fotos, são um resultado direto da movimentação da câmera. Embora a melhor maneira de evitar o movimento de sua câmera seja usando um tripé há muitas ocasiões onde é difícil de usar um, então você precisa fotografar segurando firme a sua câmera.

2- Tripés

O tripé serve para você eliminar a movimentação da câmera. O resultado que você terá, quando fizer o esforço de carrega-lo por aí, valerá a pena. Em nosso site temos muitos modelos de tripé, clique aqui e confira.

3- Tempo de exposição

Talvez uma das primeiras coisas a se pensar em sua busca por imagens bem focadas seja o tempo de exposição que você seleciona. Quanto mais baixo for o seu tempo de exposição (velocidades altas), menor será o impacto na movimentação de sua câmera e maior será a chance de congelar qualquer movimento em suas fotos. Como resultado você reduz a probabilidade de dois dos principais tipos de borrão de uma vez só (movimento do motivo e movimento da câmera). Lembre-se da “Lei da Reciprocidade” para o tempo de exposição:

Escolha um tempo de exposição com um denominador que seja maior do que o alcance focal das lentes.

Então:

  • Se você estiver tirando fotos com uma lente de alcance focal de 50mm, não tire fotos mais lentas do que 1/60 segundos.
  • Se você estiver tirando fotos com uma lente de alcance focal de 100mm, tire fotos a 1/125 segundos ou mais rápido.
  • Se você estiver tirando fotos com uma lente de alcance focal de 200mm, tire fotos a 1/250 segundos ou mais rápido.

Mantenha em mente que quanto menor for o seu tempo de exposição (velocidades altas), maior terá de ser a sua abertura (números grandes) para compensar, isso significa que você terá uma profundidade de campo menor, o que torna a focalização algo mais difícil.

4- Abertura

A abertura causa impacto na profundidade de campo (foco) em suas imagens. Diminuir a abertura (aumentando o número, digamos para f/11) irá aumentar a profundidade de campo, o que significa que a zona que está em foco incluirá tanto objetos próximos quanto distantes. Faça o oposto (por exemplo movendo para f/3.5) e o primeiro plano e o plano de fundo de suas imagens ficarão mais fora de foco e você precisará ser mais preciso com o que você foca. Mantenha em mente que quanto menor for a sua abertura (números pequenos), você irá precisar de um maior tempo de exposição (velocidades baixas) o que, é claro, torna motivos em movimento algo mais difícil de focar.

5- ISO

O terceiro elemento do triângulo de exposição é o ISO, que causa um impacto direto nos ruídos das suas fotos. Escolha um ISO maior e você será capaz de usar um tempo de exposição menor e menor abertura (o que, como nós vimos, ajuda no foco), mas você sofrerá com o aumentos dos ruídos em suas fotos. Dependendo da sua câmera (e do quanto você quiser aumentar as suas imagens) você provavelmente pode ter bons resultados usando um ISO de até 400 (ou até 800 em algumas câmeras) sem muito ruído (mas para fotos precisamente focadas, mantenha-o o mais baixo possível).

6- Estabilização da Imagem

Muitas câmeras e lentes são lançadas com diferentes formas de estabilização da imagem, o que não eliminará o movimento da câmera mas que com certeza pode ajudar a reduzir o seu impacto. Eu acho que ao usar lentes com estabilizadores me permite usar mais uma, duas ou três paradas ou stops e assim usar tempos de exposição mais lentos quando eu estiver segurando a minha câmera. Mantenha em mente que muitos estabilizadores de imagens ajudam com o movimento da sua câmera, mas não com o movimento do assunto, nestes casos, fique atento para não borrar o assunto.

7- Foco

Talvez a técnica mais óbvia para se trabalhar quando quiser imagens bem focadas seja o foco. A maioria de nós usa “Foco Automático” em nossas câmeras, mas não assuma que a câmera sempre acertará. Sempre cheque visualmente que parte da imagem está em foco antes de clicar e se não estiver certo, tente de novo ou mude para o modo de foco manual. Isto é particularmente importante se você estiver fotografando com uma abertura grande (pequena profundidade de campo) onde até mesmo um pequeno erro pode resultar em uma foto notavelmente fora de foco.

8- Boas Lentes

Esta é para os proprietários de DSLR, invista em lentes de boa qualidade, já que elas podem ter um grande impacto sobre o foco das suas imagens. Encontre Lentes e Flashes aqui em nosso site.

9- Cheque Seus Olhos

Se você é usuário de óculos, nunca deixe vencer, pois atrapalha muito na fotografia. E também lembre-se de checar a ‘dioptria’ de sua câmera (se ela possuir uma). A dioptria é um pequeno ajuste que você pode fazer para melhorar a forma como o viewfinder funciona, isto é útil principalmente para pessoas com visão ruim, normalmente é uma pequena roda próxima ao viewfinder.

10- Equipamento Limpo

Limpe sempre as lentes de sua câmera. Mantenha-a limpa e você eliminará as manchas, poeira e sujeira que podem causar impacto em suas fotos. Similarmente um sensor de imagem limpo é uma coisa maravilhosa se você tiver uma DSLR, já que a poeira pode produzir manchas em suas imagens finais. Kits para limpeza e proteção você encontra aqui.

11- Sweet Spot

As lentes possuem locais em seus limites de abertura que são mais bem focados do que os outros. Em muitos casos, este “ponto doce” é uma ou duas paradas (stops) da abertura máxima. Então, ao invés de fotografar com as suas lentes abertas no máximo (onde os números são os menores) volte uma ou duas paradas e você pode encontrar um pouco mais de clareza em suas fotos.

Agora é com você!

Até mais! 😉

 

fonte: Fotos Dicas Brasil

by: Simxer

Compartilhar

Deixe uma resposta